quinta-feira, 7 de junho de 2012


Eduardo: «Estamos tristes com algumas notícias sobre o grupo»


O guarda redes da seleção nacional apelou aos portugueses para não tirarem conclusões sobre o trabalho de Portugal antes dos jogos a doer. Até lá será preciso apoiá-los, pois, no fim, as responsabilidades serão devidamente assumidas.


«Nós sentimo-nos tranquilos. Estamos a fazer tudo o que esta ao nosso alcance, mas é verdade que estamos tristes com as noticias e ainda por cima vindo de portugueses que nos deviam valorizar e ajudar este grupo. Estamos concentrados naquilo que estamos a fazer», referiu Eduardo, em conferência de imprensa, dirigindo-se claramente às declarações recentes de Manuel José e Carlos Queiroz, que criticaram o excesso de festas no estágio da seleção nacional.

«Esta equipa está cada vez mais unida e queremos demonstrar que isso não é verdade. Em relação a essas notícias, os carros que temos, o que ganham os jogadores, não tem sentido nenhum e devia ser valorizado o que eles querem fazer. As pessoas viram essas notícias e sentem-se frustradas, mas nós somos honestos e queremos dar felicidades aos portugueses», assegurou.

Eduardo não esconde que a partida de sábado frente à Alemanha poderá ser fundamental para a imagem dos portugueses sobre a seleção e classifica a equipa como preparada para o desafio.

«Estudámos bem o adversário e estamos preparados para um jogo que será difícil. Estamos preparados e ansiosos. Temos a noção que será um jogo bastante importante e sabemos que pode mudar todo o ruído que está à volta da seleção. Todos daremos a cara pelo resultado final. Apoiem a seleção, porque nós faremos tudo o que for possível», terminou, com um apelo claro a todos os portugueses. «Não nos crucifiquem antes de jogar».

Sem comentários:

Enviar um comentário