sábado, 22 de outubro de 2011

BASQUETEBOL



Andrade outra vez MVP

Com Carlos Andrade a repetir a distinção de MVP, mas atingindo agora um registo notável, expresso no duplo-duplo de 15 pontos e 17 ressaltos, o campeão nacional somou nova vitória por números expressivos (81-66) e atenuados pela conclusão do encontro com um cinco absolutamente improvável, que permitiu as estreias de Rui Lopes e Eduardo Guimarães na Liga. O Barcelos foi adversário.O parcial de 9-0 com que os Dragões abriram o jogo parecia prenunciar uma tarde tranquila, num indício que perderia todo e qualquer sentido ao final do segundo período, com o Barcelos a sair em vantagem (31-32) para o intervalo, depois do quarto em que os azuis e brancos experimentaram mais dificuldades no lançamento (10-20).Com a informação presente de que a equipa de Barcelos obrigara a Ovarense a tempo extra na jornada anterior, a abordagem portista à segunda parte e, em particular, ao terceiro período, revelar-se-ia decisiva, ao ponto de José Rodrigues, o treinador da equipa visitante, se ter referido ao desempenho dos Dragões falando num “massacre” e distinguindo o processo defensivo do opositor.E foi precisamente no terceiro período, em que os campeões compuseram um parcial de 28-12, que emergiu Carlos Andrade, com uma exibição determinante e certificada pelos 7 pontos marcados e os 8 ressaltos conquistados no penúltimo quarto. No último, após o alargamento da diferença às duas dezenas e já depois de Stempin ter acu mulado a quinta falta e ter atingido os 20 pontos, Moncho López promoveu as estreias de Rui Lopes e Eduardo Guimarães, cumprindo os minutos finais com um cinco absolutamente português e extremamente jovem: Miguel Maria, Eduardo Guimarães, Rui Lopes, André Boavida e David Gomes. Ainda assim, o treinador galego dos Dragões reconheceria, já depois de terminada a partida, as dificuldades impostas pelo Barcelos. “O adversário contrariou muito bem o nosso jogo e fez-nos procurar soluções que só fomos capazes de encontrar na segunda parte”, admitiu Moncho López, que distinguiu na qualidade e na postura do opositor “uma lufada de ar fresco” para o basquetebol português.

FICHA DE JOGO

Campeonato da Liga, segunda jornada22 de Outubro de 2011

Dragão Caixa, no PortoAssistência: 829 espectadores

Árbitro principal: Nuno MonteiroÁrbitros auxiliares: Paulo Marques e Pedro Maia

FC PORTO (81): Reggie Jackson (5), Digo Correira (9), Carlos Andrade (15), Miguel Miranda (12) e Greg Stempin (20); João Santos (10), José Costa (5), David Gomes (1), Miguel Maria (2), André Boavida (2), Rui Lopes (0), Eduardo Guimarães (0)

Treinador: Moncho López

BARCELOS (66): Carlos Fechas (11), Nuno Oliveira (10), Augusto Matos (21), Pedro Silva (3) e Sergi Brunet (10); Tiago Barreiro (6), João Moreira (5), Ivo Gonçalves (0)

Treinador: José Rodrigues

Ao intervalo: 31-32

Sem comentários:

Enviar um comentário