domingo, 15 de abril de 2012

BASQUETEBOL - 2º jogo FC Porto - Guimarães


Stempin resolve

Mais do que proporcionar um jogo intenso, FC Porto Ferpinta e Vitória de Guimarães demonstraram que os mesmos intérpretes, num mesmo cenário, podem contar histórias diferentes. Ainda que repetindo o final. Ao segundo jogo dos playoffs, os Dragões voltaram a vencer (78-70), mas o triunfo esteve em risco. Valeu o MVP Greg Stempin, com um duplo-duplo de 31 pontos e 14 ressaltos.

Além da repetição das equipas inicias, as semelhanças com o jogo da véspera esgotaram-se em pouco mais de cinco minutos, que foi tempo de sobra para quebrar gelo e equilíbrio. Stempin, que ao final do primeiro período somava 13 dos 22 pontos conseguidos pelos Dragões, forneceu o primeiro factor de desequilíbrio, acentuado pelos progressos defensivos revelados pelo campeão, em especial nos ressaltos, matéria que o dominava ao intervalo (28 contra 13).

Sem nada que o fizesse prever, a discussão do resultado seria relançada ao longo de um período de profundo desacerto portista, o terceiro, em que os Dragões permitiram um parcial de 12-25, potenciado pela conversão de três triplos pelo adversário, que garantia a inversão do marcador antes da entrada do último quarto.

Ainda que menos eficaz, o FC Porto Ferpinta retribuiu a mesma dose de lançamentos exteriores em momentos de decisão e selou o segundo triunfo da eliminatória com Reggie Jackson na linha de lances livres, com apenas 27 segundos para jogar. Em caso de nova vitória, na sexta-feira, já em Guimarães, os Dragões fecham a qualificação para as meias-finais dos playoffs.

FICHA DE JOGO

Liga, playoffs, quartos-de-final, jogo 2
15 de Abril de 2012
Dragão Caixa, no Porto
Assistência: 965 espectadores.

Árbitro principal: Sérgio Silva
Árbitros auxiliares: Pedro Coelho e Hugo Antunes

FC PORTO FERPINTA (78): Reggie Jackson (8), Carlos Andrade (13), João Santos (3), Greg Stempin (31) e Rob Jonhson (8); Diogo Correia (0), Miguel Miranda (1), João Soares (9), David Gomes (2), Miguel Maria (0), José Costa (3), Nuno Marçal (0)
Treinador: Moncho López

VITÓRIA DE GUIMARÃES (70): Julian Blanks (9), Rui Mota (0), Maris Gulbis (28), Paulo Cunha (11) e Brian Morris (7); João Torrié (0), André Bessa (15)
Treinador: Fernando Sá

Ao intervalo: 41-29
Por períodos: 22-17, 19-12, 12-25 e 25-16

Sem comentários:

Enviar um comentário