sábado, 17 de março de 2012

ANDEBOL - FC Porto - Aguas Santas 29 - 27



Triunfo sobre Águas Santas dá quatro pontos de vantagem

O FC Porto Vitalis venceu este sábado o Águas Santas por 29-27, em encontro da segunda jornada da fase final do Andebol 1. Com este resultado, os Dragões alargam para quatro pontos a vantagem sobre os perseguidores Benfica e Sporting. O encontro em que Ricardo Moreira foi o melhor marcador, com oito golos, disputou-se até aos instantes finais.

O Águas Santas arrancou um parcial inicial de 3-0, que desde logo foi demonstrativo da dificuldade que os Dragões iriam encontrar. Os azuis e brancos apenas passaram para a frente depois dos dez minutos (6-5, por Wilson Davyes), mas sofreriam um revês com a expulsão de Hugo Laurentino, aos 17 minutos, quando tentava parar um contra-ataque e chocou com um adversário.

Os portistas só conseguiram uma vantagem significativa com um parcial de 6-0, entre os 20 e os 26 minutos. O resultado cifrava-se então em 15-12, mas o intervalo chegaria com 16-14 no marcador. O contra-ataque portista fazia, com habitualmente, a diferença: oito tentos em nove situações, contra três em quatro dos maiatos.

Poder-se-ia pensar que o FC Porto arrancaria para uma vitória tranquila na segunda parte, mas a resistência dos maiatos levou o encontro a ser discutido até ao último minuto. A defesa portista não esteve nos melhores dias e deparou-se com um critério pouco coerente da dupla de arbitragem. A ausência de Hugo Laurentino foi igualmente sentida, até porque o outro guardião, o cubano Quintana, apenas regressou recentemente à equipa, após lesão.

Os empates e as vantagens mínimas foram uma constante no segundo tempo, com o FC Porto a liderar, ainda assim, na maior parte do tempo. Os Dragões depararam-se com a forte oposição do guarda-redes António Campos, que parou, por exemplo, três dos quatro livres de sete metros a que os azuis e brancos tiveram direito.

O FC Porto entrou nos últimos 10 minutos a vencer por 26-25 e aumentou a agressividade na defesa, deixando o adversário marcar apenas mais dois golos. A vitória foi sentenciada no último minuto, quando o Águas Santas procurava o empate, graças a uma intercepção de Wilson Davyes, que depois concretizou o contra-ataque no 29-27 final.

Na próxima jornada, no sábado, o FC Porto desloca-se ao pavilhão do ABC.

FICHA DE JOGO

FC Porto Vitalis-Águas Santas, 29-27
Andebol 1, fase final, segunda jornada
17 de Março de 2012
Dragão Caixa, no Porto
Assistência: 930 espectadores

Árbitros: António Trinca e Tiago Monteiro

FC PORTO VITALIS: Hugo Laurentino e Alfredo Quintana (g.r.); Gilberto Duarte (4), Tiago Rocha (3), Ricardo Moreira (cap., 8),Elias Nogueira, Wilson Davyes (2), Daymaro Salina (2), Pedro Spínola (6), Filipe Mota e Dario Andrade (4)
Treinador: Ljubomir Obradovic

ÁGUAS SANTAS: António Campos (g.r.); Jorge Sousa (2), Joel Rodrigues (2), Pedro Cruz (7), Nuno Pimenta (5), Eduardo Salgado (7), Marco Sousa (4), Juan Couto, Mário Lourenço e Albano Lopes
Treinador: Jorge Borges

Ao intervalo: 16-14
Cartões vermelhos: Hugo Laurentino (17m) e Pedro Spínola (60m)rio.

Sem comentários:

Enviar um comentário