sábado, 8 de outubro de 2011

JOZEF MLYNARCZYK





Józef Mlynarczyk nasceu no dia 20 de Setembro de 1953 na cidade de Nowa Sol, na Polónia.



Fez a sua estreia como futebolista no BBTS Bielsko-Biala. Na temporada de 1977/78 mudou-se para o Odra Opole, clube onde permaneceu até a temporada de 1981/82, altura em que se transferiu para o Widzew Lodz.



No Lodz, Mlynarczyk sagrou-se Campeão da Polónia pela primeira vez na sua carreira, Título que voltaria a repetir na temporada seguinte ainda a defender a baliza do Widzew Lodz.



No ano de 1982 esteve presente no Campeonato do Mundo de Espanha onde foi o titular da baliza da Polónia que conquistou o terceiro lugar na competição.



Na época de 1984/85 foi para França defender as cores do S.C. Bastia.



No início de 1986 chegou ao Futebol Clube do Porto e fez a sua estreia no Campeonato Nacional no estádio da Luz contra o S.L. Benfica onde mostrou logo a sua grande categoria.



Em 1986 voltou a marcar presença no Campeonato do Mundo do México, onde a Selecção da Polónia defronto e venceu a Selecção de Portugal, mas acabou por ficar em terceiro lugar na fase de grupos.



No plantel portista Mlynarczyk teve sempre a concorrência de Beto, guarda-redes com quem partilhou a caminhada triunfal até chegar a Final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1987 onde teve pela frente os alemães do Bayern de Munique e onde mais uma vez demonstrou toda a sua classe e foi um dos pilares para que o Futebol Clube do Porto se sagra-se pela primeira vez na sua história, Campeão Europeu.



Na época seguinte, 1987/88, o guardião polaco continuou a ser o dono da baliza dos Dragões que conquistaram o Título de Campeões Nacionais com 15 pontos de vantagem sob o segundo classificado. Mas a maior vitória dessa temporada aconteceu no dia 13 de Dezembro na longínqua cidade de Tóquio onde sobre um terreno de jogo completamente coberto de neve os portistas bateram os Campeões Sul-Americanos do C.A. Peñarol, e de novo com uma excelente exibição de Mlynarczyk. Apenas 1 mês mais tarde, voltaria a ser o titular da baliza do F.C. Porto que defrontou no estádio das Antas os holandeses do Ajax F.C. na segunda-mão da Supertaça Europeia que os Dragões venceram por 1-0, igual resultado conseguido na Holanda no jogo da primeira-mão. Ainda nessa temporada, O FC Porto venceu a Taça de Portugal ao ganhar a final por 1-0 contra o Vitoria de Guimarães.



Manteve-se no Futebol Clube do Porto até terminar a sua carreira na época de 1989/90 devido a uma lesão grave, não sem antes ver o seu sucessor, um jovem de nome Vítor Baía, a ocupar o lugar que lhe tinha pertencido na defesa da baliza do F.C. Porto.



Depois de terminada a sua carreira como futebolista, Mlynarczyk continuou no F.C. Porto a fazer parte da equipa técnica onde tinha a função de treinador de guarda-redes. Alguns anos mais tarde voltou para o seu país para desempenhar idênticas funções primeiro na Selecção Polaca e depois no Widzew Lodz.



Palmarés



1 Taça Intercontinental



1 Taça dos Campeões Europeus



1 Supertaça Europeia



3 Campeonatos da 1ª Divisão (Portugal)



1 Taça de Portugal



2 Supertaças Cândido de Oliveira



2 Campeonatos da Polónia



1 Taça da Polónia.

Sem comentários:

Enviar um comentário