sábado, 5 de maio de 2012


  • O ABC do "tetra"









Na primeira partida do FC Porto Vitalis após sagrar-se tetra campeão nacional (o título foi assegurado em Águas Santas), os Dragões bateram o ABC por 34-24. O jogo foi uma espécie de resumo da época portista: defesa agressiva, ataques rápidos e alta rotação constante. O ABC, que nunca esteve na frente do marcador, não teve pedalada para acompanhar os azuis e brancos, que festejaram de novo o título.

Na primeira parte, os Dragões conseguiram desde muito cedo uma vantagem assinalável, chegando aos 15 minutos a vencer por 11-6. Destaque para a f
orça da primeira linha portista (10 golos em 16 remates), com Gilberto Duarte (quatro golos), Spínola (três) e Wilson Davyes (três) em maior destaque. Também Hugo Laurentino fez defesas de grande nível, chegando ao intervalo com uma eficácia de 45 por cento.

No segundo tempo, a vantagem do FC Porto subiu, como era previsível, até aos 10 golos finais. Houve mais espaço para o contra-ataque (oito dos nove lances portistas neste capítulo ocorreram no segundo tempo) e, na baliza, Laurentino e Quintana apresentaram excelentes números, com 48 por cento de eficácia global (43 para o português e 52 para o cubano).

Para além disso, houve grandes lances de andebol, como foi o caso do 21-12, aos 35 minutos: uma jogada aérea entre Wilson Davyes e Elias Nogueira, concretizada em grande
estilo pelo angolano. Gilberto Duarte, Filipe Mota e Wilson Davyes foram os melhores marcadores do FC Porto, com seis tentos.

A vitória portista nunca esteve realmente em causa e houve tempo para celebrar: da bancada ouviram-se cânticos individuais para quase todos os atletas; Vasco Santos e Sérgio Rola, dois dos elementos mais jovens do plantel, tiveram oportunidade de entrar e marcar (aliás, Daymaro Salina foi o único jogador de campo a não marcar). O minuto final foi cumprido com o público em pé, a gritar “campeões”. Tratou-se por isso de uma primeira festa, já que a entrega da taça de campeão nacional vai ocorrer na última jornada, quando o FC Porto receber o Sporting.

FICHA DE JOGO

FC Porto Vitalis-ABC, 34-24

Andebol 1, fase final, oitava jornada
5 de Maio de
2012
Dragão Caixa, no Porto
Assistência: 1.179 espectadores

Árbitros: Mário Coutinho e Ramiro Silva

FC PORTO VITALIS: Hugo Laurentino (g.r.) e Alfredo Quintana (g.r.); Gilberto Duarte (6), Pedro Spínola (3), Tiago Rocha (3), Ricardo Moreira (cap., 2), Wilson Davyes (6), Dario Andrade (1), Filipe Mota (6), Elias Nogueira (4), Sérgio Rola (1), Daymaro Salina, Melancic (1) e Vasco Santos (1)
Treinador: Ljubomir Obradovic

ABC: Humberto Gomes (g.r.) e Bruno Dias (g.r.); José Rolo (2), Fábio Vidrago (1), Pedro Seabra (3), Rui Lourenço, José Pedro Coelho (4), Álvaro Rodrigues (2), Sérgio Canico (3), Miguel Sarmento (7), Luís Bogas (cap.), Nuno Rebelo (2), João Santos e Mário Peixoto
Treinador: Carlos Resende

Sem comentários:

Enviar um comentário