terça-feira, 15 de maio de 2012

SEGUNDO JOGO DA FINAL (resultado 80-82)


  • Prolongamento bateu no aro

A final está empatada. Ao segundo jogo no Dragão, o FC Porto Ferpinta cedeu uma derrota (80-82), que Carlos Andrade quase evitou no último segundo, depois de uma recuperação fantástica acelerada por quatro triplos consecutivos. Mas é o parcial (14-31) do segundo período que serve de primeira razão para o desaire, que obriga o campeão a vencer um dos dois jogos na Luz.

Depois da vitória da véspera, os Dragões pareciam determinados a conquistar uma vantagem decisiva na discussão do título, mesmo contando apenas pontualmente com Greg Stempin, condicionado por uma lesão no cotovelo, depois de ter sido o melhor marcador do encontro de sábado, com 26 pontos.

A entrada decidida no jogo chegou a gerar uma vantagem de 13 pontos (24-11), ainda no decurso do primeiro período, mas a exibição desconcentrada e particularmente ineficaz em termos defensivos no segundo quarto condicionou o restante desempenho do campeão nacional, que, após ameaças repetidas, encurtou distâncias drasticamente nos últimos instantes da partida, com José Costa e Miguel Miranda a partilharem a conversão de quatro triplos e a igualarem a partida a 80 pontos.

A perder por dois pontos nos últimos segundos, a última posse de bola dava ao FC Porto Ferpinta a possibilidade de ganhar a partida com novo lançamento exterior ou de forçar o prolongamento, que Carlos Andrade falhou por pouco na penetração para o cesto.

Com a final empatada a uma vitória, os azuis e brancos ficam forçados a vencer um dos dois jogos da Luz, no próximo fim-de-semana, para poderem trazer a quinta partida e a decisão do título para o Dragão Caixa.

FICHA DE JOGO

Final dos Playoffs da Liga, jogo 2
13 de Maio de 2012
Dragão Caixa, no Porto

Árbitro principal: Luís Lopes
Árbitros auxiliares: Carlos Santos e Pedro Rodrigues

FC PORTO FERPINTA (80): Reggie Jackson (7), Carlos Andrade (15), João Santos (7), Miguel Miranda (19) e Rob Johnson (11); Ricky Cadell (2), José Costa (9), Greg Stempin (1), Diogo Correia (0), David Gomes (0), Nuno Marçal (9),
Treinador: Moncho López

BENFICA (71): Marcus Norris (6), Ted Scott (17), João Gomes (14), Heshimu Evans (18), Élvis Évora (12); Fred Gentry (7), Miguel Minhava (0), Diogo Carreira (8), António Monteiro (0)
Treinador: Carlos Lisboa

Ao intervalo: 38-46
Por períodos: 24-15, 14-31, 21-17 e 21-19

Sem comentários:

Enviar um comentário