domingo, 20 de maio de 2012

FC Porto campeão nacional de juvenis


sub 17
FC Porto campeão nacional de juvenis

O FC Porto sagrou-se campeão nacional de Sub 17 ao vencer o Guimarães por 5-2, na última jornada da fase final do campeonato nacional de juvenis.

Para não depender de terceiros o FC Porto tinha de vencer, mas o jogo foi madrasto para os jovens Dragões, que ainda antes dos 20 minutos sofreram dois golos e viram a equipa de arbitragem anular um legal, quando o resultado ainda estava em branco.

Só que esta equipa de Sub 17 além de muito talento também tem força de vontade e nem a falta de sorte – a equipa atirou por cinco vezes aos ferros – impediu uma reviravolta fantástica, com uma segunda parte demolidora e que valeu uma goleada e o título nacional.

O jogo começou com o FC Porto ao ataque, com um futebol de posse, circulando a bola e encurralando o Guimarães atrás. Contra a corrente do jogo, primeiro num contra-ataque e depois beneficiando de um erro da defesa portista, Miguel bisou para os vitorianos aos 18 e 19 minutos, deixando a tarefa muito difícil para os jovens Dragões.

A equipa abanou naturalmente com a desvantagem, mas depois de uns minutos de desorientação voltou a pegar no jogo e nem os sucessivos azares na finalização ou os fora-de-jogo mal tirados impediram a equipa de lutar.

Um grande golo de Graça, com um remate de fora da área, a três minutos do intervalo, foi o mote para uma segunda parte heróica. Quatro minutos depois do descanso, Francisco Ramos fez o empate num desvio de cabeça, com a reviravolta a ser concluída em cima da hora de jogo, com um golo de Belinha.

Grande festa no Olival, mas a equipa não parou e, aos 78 m, Ivo transformou à Panenka um penalti sofrido pelo próprio. Para terminar, num argumento quase de Hollywood, João Oliveira tinha entrado minutos antes depois de ano e meio de ausência devido a duas prolongadas lesões, fechou o marcador, com um belo golo pela direita.

Grande festa no relvado e nas bancadas, onde não faltou o presidente Pinto da Costa, de uma equipa constituída por uma série de promessas, de jogadores evoluídos tecnicamente e que FC Porto irá com certeza potenciar no futuro.
O treinador Nuno Capucho deu os parabéns aos seus jogadores, salientando a capacidade de reacção da equipa: “Quero destacar a personalidade dos meus jogadores, eles merecem. São premiados com esta segunda parte, a alegria que demonstram é a alegria que demonstraram no jogo e durante a época. Somos justos campeões. A minha alegria é que eles joguem e sejam felizes. A formação do FC Porto está de parabéns, esta equipa começou a ser formada há quatro cinco anos. Vamos ver se os jovens portugueses começam a ter mais espaço, agora com as equipas B”.

Sem comentários:

Enviar um comentário