sábado, 25 de fevereiro de 2012

BASQUETEBOL - SAMPAENSE - FC PORTO



Inspiração triplista de Santos leva Dragões aos 100

O FC Porto Ferpinta manteve o primeiro lugar da Liga, depois de vencer, de forma clara, o Sampaense em Oliveira do Hospital, onde os Dragões atingiram a centena de pontos (81-100) com uma exibição autoritária, especialmente sublinhada nos três primeiros parciais, que distinguiu João Santos como o melhor dos azuis e brancos ao final da tarde deste sábado.O campeão, que chegou ao intervalo com uma vantagem de 12 pontos (41-53), entrou forte na partida, mantendo o registo de clara supremacia ao longo de quase todo o encontro e cedendo apenas aos irresistíveis exercícios de gestão do resultado, que permitiu a Moncho López utilizar 11 jogadores, com seis deles (Greg Stempin, João Santos, Carlos Andrade, João Soares, Reggie Jackson e Rob Johnson) a atingir uma pontuação de dois dígitos.João Santos (12 pontos e 9 ressaltos) e Greg Stempin (12 pontos e 7 ressaltos) foram os elementos mais determinantes na exibição portista, acumulando a curiosidade de nenhum deles ter atingido os 21 minutos de utilização, barreira apenas superada por Reggie Jackson, ainda que apenas por 88 segundos.Num final de tarde de inspiração triplista, os lançamentos exteriores dos Dragões produziram a conversão de 14 dos 26 tentados (54%), com João Santos a sobressair novamente, agora em função de uma eficácia absoluta, que lhe permitiu marcar os quatro “tiros” ensaiados.

Sem comentários:

Enviar um comentário