sábado, 19 de novembro de 2011

ANDEBOL FC PORTO vs BENFICA 23-22

Ponta final dá vitória merecida






O FC Porto Vitalis venceu este sábado o Benfica por 23-22, num emocionante jogo da 12.ª jornada do Andebol 1, em que deram a volta ao resultado nos últimos 10 minutos.



Os Dragões foram justos vencedores, por terem sido a equipa mais lutadora e por nunca terem deixado de acreditar no triunfo.



Os azuis e brancos garantem a manutenção do primeiro lugar do campeonato, agora com 35 pontos.



Num pavilhão com um ambiente escaldante e 1.808 portistas a torcer pela equipa, o embate decorreu sob o signo do equilíbrio, com o Benfica a ganhar vantagem no arranque (0-3). Ao intervalo, o resultado era favorável aos lisboetas por um golo (10-11), num primeiro tempo em que os Dragões não fizeram valer o seu poder de fogo na primeira linha (apenas um golo em 10 tentativas).



Na segunda parte, Pedro Spínola empatou o encontro logo no primeiro minuto (11-11), mas seriam os visitantes a conseguir novamente um parcial de 0-3. O FC Porto perseguiu continuadamente essa desvantagem, conseguindo duas situações de empate até aos 50 minutos (14-14 e 16-16). Aos 40 minutos, os azuis e brancos perderam Ricardo Moreira, por lesão, na sequência de uma disputa de bola com um adversário.



Seria nos últimos 10 minutos que o FC Porto asseguraria a vitória, tendo partido para essa etapa a perder por 18-20. Um golo de Tiago Rocha e dois de Sérgio Rola (que substituiu Ricardo Moreira com brilhantismo, concretizando as duas situações de remate de que dispôs) puseram os Dragões na frente aos 25 minutos, pela primeira vez no encontro. O Benfica ainda empatou por mais duas vezes, mas os portistas responderam com tentos de Gilberto Duarte e Tiago Rocha, garantindo assim a vitória.



Pedro Spínola, Tiago Rocha e Ricardo Moreira terminaram a partida com cinco golos, apenas atrás de Georgy Zaikin, o melhor marcador da partida.



No final da partida, Obradovic analisou o encontro na sala de imprensa: “Foi um FC Porto muito bom. O importante era ganhar, face a um adversário complicado. O FC Porto acreditou até ao fim e isso é que fica na história. O Benfica é uma equipa mais experiente e não se podem esquecer que tivemos um jogo complicado na quarta-feira, frente ao ABC. O FC Porto é uma equipa a ser construída. Parabéns aos jogadores e adeptos. Continuaremos a lutar até ao fim”.



FICHA DE JOGO



FC Porto Vitalis-Benfica, 23-22 Andebol 1, primeira fase, 12.ª jornada 19 de Novembro de 2011



Dragão Caixa, no Porto



Assistência: 1.808 espectadores



Árbitros: Daniel Martins e Roberto Martins



FC PORTO VITALIS: Hugo Laurentino (g.r.), Gilberto Duarte (4), Filipe Mota (2), Dario Andrade, Ricardo Moreira «cap.» (5), Daymaro Salina, Tiago Rocha (5), Pedro Spínola (5), Wilson Davyes, Alfredo Quintana (g.r.), Sérgio Rola (2) e Hugo Santos



Treinador: Ljubomir Obradovic



BENFICA: Ricardo Candeias (g.r.), David Tavares (1), João Pais (2), Georgy Zaikin (7), Carlos Carneiro (4), Rui Silva (2), Inácio Carmo, Cláudio Pedroso (1), Nuno Roque (1), Nuno Grilo e José Costa (4)



Treinador: Jorge Rito



Ao intervalo: 10-11



Disciplina: cartão vermelho A Rui Silva (29m)

Sem comentários:

Enviar um comentário